Primeira vez na Disney

Desde que tivemos o Dioguinho, nunca tínhamos tirado férias em família. Este ano nos planejamos, e depois de muitas pesquisas vimos que a melhor opção e a nossa maior vontade, era levá-lo a Disney. Papai já havia ido quando adolescente e sempre vai a Orlando a trabalho, mas a mamãe e o Dioguinho nunca tinham piso em solo americano!

Muitas pessoas nos disseram que ele era ainda muito pequeno, 4 anos, e não iria aproveitar muito os brinquedos, mas eu pensava diferente, via essa viagem como um modo para ele explorar sua imaginação e se divertir no mundo das fantasias, onde seus personagens mais idolatrados ganhariam vida! E assim fechamos nossa viagem.

Neste post, vou contar pra vocês as vantagens e desvantagens dessa viagem com uma criança de 4 anos, as coisas que gostamos muito e dos pequenos erros que cometemos, apesar de ler e me informar com antecedência em muitos blogs e com amigos que já foram.

Escolhemos o mês de março por vários motivos como, temperatura, lotação dos parques e por ser o mês do aniversario do Dioguinho. Um pouco antes da viagem, descobrimos a minha gravidez, e a viagem teve um segundo foco, mas que vou contar para vocês em outro post: Enxoval em Orlando!

Embarcamos dia 15 de manhã e voltamos dia 23 num voo noturno (dormiu a viagem toda), o voo diurno é realmente mais cansativo para a criança e para os pais, mas não me arrependo de ter voado de dia, pois a ansiedade dele era tão grande, em conhecer um avião, fuçar em tudo, assistir filmes, desenhos, jogos, ter seu próprio fone e tela de dvd, que ele não ia querer dormir. Mesmo contando com essa tecnologia, levei um kit com livros de colorir, canetinhas, massinha, dinossauros, enfim brinquedos que ele gosta, que ajudaram a distrai-lo também.

O voo foi super tranquilo, ele brincou, comeu e dormiu um pouco. Chegando em Orlando, já identificamos nosso primeiro erro, não levar o carrinho. Nossa intenção era comprar um modelo desses guarda-chuvas que lá são bem baratos ou que ele usasse o que compraríamos para o irmão. Mas eu te digo: leve o seu carrinho! No aeroporto você vai se deparar com longas filas, para imigração, pegar as malas, locação de carro etc, além de ter que caminhar muito, se eu já estivesse com o carrinho dele lá, ajudaria muito. Além disso, se você for passear já no dia que chegar ira estar sem carrinho, como foi no nosso caso.

Chegamos no comecinho da noite e fomos jantar no T-Rex (um restaurante temático- de dinossauros em Downton Disney que necessita fazer reserva com bastante tempo de antecedência). Em Downton você anda muito e após alguns minutos de empolgação, logo Dioguinho quis colo e o papai teve de carrega-lo na ida e na volta, pois a mamãe aqui já estava levando o outro na barriga! E nesse trajeto nos só pensávamos cadê nosso carrinho?

dio3

Depois do jantar resolvemos ir ao Walmart e comprar logo um carrinho guarda-chuva, pois no outro dia iriamos para um dos parques cedo e realmente não ha condições de se ir sem carrinho com uma criança nessa idade ainda. Compramos e pagamos baratinho, mas adivinha? O carrinho na reclina, nada. Então quando ele dormia, era um horror, andávamos com o carrinho inclinado para trás kkkkk. Mas mesmo assim ele foi muito útil, já que os parques são enormes. Ah! Depois de toda essa correria para comprar o carrinho, quando chegamos ao parque vimos que tinha a opção de alugar… Ai q raiva kkkk.

Ficamos 9 dias e fizemos 6 parques, ou seja, mais um erro. Pois os dias de chegada e de partida você praticamente perde, fazendo e desfazendo malas, check-in e check-out, aluga carro e devolve carro, aeroporto, enfim, os 9 dias se transformaram em 7 dias, ou seja, parque todos os dias  sem descanso e 1 dia para o enxoval do bebe.

Como queríamos aproveitar cada minuto em Orlando, foi uma viagem muito cansativa. Acordávamos cedinho, eu preparava uma mochila com comidinhas (comprávamos no mercado cookies, salgadinhos, frutas, agua, suco etc), trocas de roupa, toalha, lenço umedecido, protetor solar etc. Saiamos bem cedo, para pegar um bom lugar no estacionamento (não ficar muito longe da entrada do parque) e para aproveitar as principais atrações (mais concorridas).

Ah! La vem mais um erro… Parque lotado, apesar de termos escolhido um mês tranquilo, fomos bem na semana do Spring Break, uma mini férias (tipo semana no saco cheio) dos colégios e faculdades. Já sabíamos disso, mas não imaginamos que lotaria tanto. Ficávamos muito tempo nas filas (1 hora aproximadamente em cada brinquedo ou atração). E isso cansa muito as crianças, ficar ali parado era realmente bem chato, mas aproveitávamos para no curtir, conversar, brincar com ele, explicar como era o brinquedo, enfim, exercitar a paciência também!

Fomos nos 2 parques da Disney: Magic Kingdom e Hollywood Studios. Nesses parques você tem a opção de marca os Fast Pass com antecedência através do site ou em guichês espalhados no próprio parque (com filas). Este é um beneficio que todos os ingressos possuem sem custo adicional. Todos tem o direito de marcar 3 atrações e pegar as filas (bem menores) do Fast Pass, depois de utilizar as 3, você pode marcar mais, um a um.

Fomos também aos 2 parques da Universal: Universal Studios e Island of Adventure. Nesses parques, o “corta fila” se chama Express Pass, porem estes são pagos, e bem caros, o preço de outro ingresso quase. Este sistema você compra na entrada no parque, recebe um cartão e pode utilizar economizando seu tempo em filas, porem não são todas as atrações em que ele é aceito.  Nos no Universal Studios não compramos, achei um absurdo de caro e como tínhamos a viagem toda pela frente, queria economizar. Mas no Island of Adventure acabamos comprando, como era nosso ultimo dia em Orlando e o ultimo parque que fizemos, achamos valido pelo cansaço que já nos dominava.

Além destes 4 parques fomos também a Legoland e ao  Kennedy Space Center-NASA. Escolhemos os parques levando em conta os gostos atuais do Dioguinho e pensando em quais parques ele aproveitaria mais. Existem muitos outros, mas com nossa limitação de poucos dias de viagem, optamos por esses, e acertamos na mosca, porque ele amou!!!!!

Dioguinho se comportou muito bem, comeu muito bem e se divertiu de uma maneira que nunca iremos esquecer. Aqueles olhinhos brilhando ao ver seus personagens favoritos, os gritos empolgados nas montanhas russas, a vibração a cada atração e principalmente a alegria de estar 24h com o papai e a mamãe só fazendo coisas legais e divertidas, ganhando muita atenção e carinho, foi magico, foi inesquecível e foi cansativo, mas valeu cada minuto, cada fila, cada dólar! Foi uma viagem dos sonhos, do dele e principalmente dos nossos!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s