No limite? Quem “tá junto”?

Lembro de uma amiga que certa vez me disse: “eu adoraria ter a minha vida do facebook” … Na hora achei graça mas depois refleti bastante…qual é o meu limite físico ? mental? Eu estou nele ? e quem está a minha volta está enxergando isso?

Pois bem a resposta é sim para todas as perguntas e no entanto ao invés de descansar a cabeça estou aqui tentando entender porque tudo chegou onde chegou …

Até esta semana postei que o carnaval só serviu para eu ficar “mais cansada que o pente da Bethania” mas é bem por ai…não estou reclamando, estou constatando a tempo de mudar, pois estou vendo meus limites influenciarem meus filhos, não é “mea culpa’ também tá gente ? porque essa história de que a mãe é culpada de tudo já deu, mãe é ser humano, erra e acerta e faz o melhor com aquilo que tem.

Sabe aquilo que as pessoas colocam no currículo como maior virtude ? o tal do perfeccionismo, para mim é um dos piores defeitos pois eu na ânsia de ser a Senhora perfeitinha, a mulher que sabe tudo, responde tudo e não falha estou minando minhas capacidades empáticas com as pessoas que eu amo , nos últimos dias tolerância zero com marido e filhos e até com a gata que pra chamar minha atenção deu pra me acordar de madrugada pra brincar …é mole ?

Não vou atrás de ajuda psicológica por enquanto minha terapia e motivação é escrever para vocês pois com certeza passam por isso…

Quero iniciar um exercício a partir de hoje: viver mais e me importar menos, lidar com o que tenho e não almejar como regra o que não tenho : a minha conta bancaria não vai misteriosamente sair do vermelho, meu marido não se tornará uma pessoa organizada se eu jogar pó de pirlimpim pim, não vai aparecer uma empregada mágica que vai limpar minha casa em segundos, meu filho não vai deixar de ser dependente de mim, minha filha não vai parar de me chamar a cada 5 segundos mas a felicidade da vida é essa: compartilhar…

post juliana

Enquanto pensava sobre este texto fiz um “balancete” e minhas entradas positivas são maiores que a negativas então bora me policiar para não me tornar uma chata crônica e melhor trabalhar minha extrema ansiedade, até pedi o livro do Augusto Cury hoje.

Quem se identifica ? levanta a mão,  Quem venceu isso ? levanta as duas mãos (rsrs).

É isso gente, adoro minha terapia com vocês

 

Beijo no coração

 

Ju, mulher em permanente estado de construção e desconstrução

Nota : o logo na foto é do programa da Globo(todos os direitos reservados a eles)

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s